Dicas Úteis

Ajuda neste esforço global relativamente ao uso eficiente da água.

Fica a conhecer algumas dicas muito interessantes para um uso eficiente da água.

BANHEIRA

As banheiras têm uma capacidade média entre 150 a 200 litros. Encher a banheira para um banho de imersão, equivale a um duche de 15 a 20 minutos.

Conselho: fecha a torneira enquanto te ensaboas e diminuindo o tempo do duche para 5 minutos diminuis o consumo para cerca de 80 litros. Um chuveiro com sistema redutor de caudal pode economizar 80 por centro.

CHUVEIRO

Um chuveiro gasta entre 6 a 25 litros por minuto, conforme o modelo e a pressão da água. Um duche de 15 minutos, com a torneira meio aberta, gasta cerca de 240 litros.

Conselho: Uma forma de economizar é encheres até metade ou menos mantendo a mesma água durante o banho.

LAVATÓRIO DA CASA DE BANHO

As torneiras dos lavatórios jorram cerca de 9 litros de água por minuto. Um consumo de 12 litros por dia (4 lavagens de 20 segundos). Ao escovares os dentes durante 5 minutos com água a correr, gastas em média 45 litros de água!

Conselho: lava os dentes, usando um copo com água e a torneira fechada e assim reduzes o desperdício. Se o teu pai colocar uma tampa no lavatório ao fazer a barba, está a gastar apenas 2 litros de água.

AUTOCLISMO

Um terço da água que se gasta em casa é proveniente das descargas do autoclismo. 10 litros de água são consumidos cada vez que o autoclismo funciona.

Conselho: se colocares uma garrafa de 1,5 litros dentro do depósito, a capacidade diminui. O consumo de água reduz para 8,5 litros por disparo. Outra solução é pedires aos teus pais para escolherem um autoclismo de duplo depósito, de uso mais racional.

MÁQUINA DE LAVAR ROUPA

As máquinas de lavar roupa, são sem dúvida imprescindíveis, e para além de muita energia, consomem muita água (aproximadamente 100 litros por lavagem).

Conselho: convém enchê-las bem, por isso informa os teus pais que no caso de não haver roupa que chegue para uma carga completa, devem escolher o programa de “meia carga”, que será suficiente.

MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA

Uma máquina de lavar louça com capacidade para 44 utensílios e 40 talheres gasta cerca de 40 litros de água por lavagem.

Conselho: pede aos teus pais para utilizarem a máquina de lavar louça com a carga completa, isto é, apenas quando estiver cheia.

TANQUE

Uma lavagem com a a torneira meio aberta pode significar um consumo superior aos 200 litros em 15 minutos.

Conselho: pede aos teus pais para deixarem as roupas de molho e usarem a mesma água para lavar e ensaboar.

MANGUEIRA

São necessários cerca de 230 litros de água para lavar um carro e aproximadamente 260 litros para regar um jardim durante 15 minutos.

Conselho: quando decidires ajudar o teu pai a lavar o carro, diz-lhe que deve utilizar uma esponja e de um balde. E que deve evitar passar horas com a mangueira a correr. Regue o jardim ao fim do dia ou durante a noite.

PISCINA

Perde até 3.800 litros de água por mês por evaporação, o que chega para abastecer uma família de 4 pessoas durante um ano e meio (água potável).

Conselho: se for colocada uma cobertura na piscina reduz-se a perda de água, por evaporação, em cerca de 90 por cento, bem como evita também que a água fique suja, reduzindo o número de renovações da água.

JARDIM

Conselho: diz aos teus pais que o jardim deve ser regado nas horas de menor calor, com o início da manhã e o final do dia.
Pede aos teus pais para verificarem com frequência as torneiras do jardim, dado que uma torneira a gotejar desperdiça cerca de 30 litros (6 garrafões) de água por dia.

Em actividades como a rega, a lavagem de automóveis, pátios ou passeios e descargas do autoclismo não é necessária a utilização de água potável, com elevados padrões de qualidade.

 

Aproveitamento da água da chuva:

através de uma superfície de recolha, que regra geral é a cobertura da habitação/edifício, e uma cisterna de armazenamento com os respectivos acessórios. Se for possível, deve-se cobrir a cisterna para minimizar as perdas por evaporação.

 

Construção de um reservatório subterrâneo:

para o aproveitamento adicional de água da chuva recolhida em pavimentos.

 

Nem todo o tipo de água pode ser reutilizado. Assim, terás de ter em consideração as seguintes especificidades dos diferentes tipos de água:

Água da chuva (pluvial)
Água recolhida no telhado. O método mais comum de recolha e conservação desta água é a utilização de reservatórios.

Águas cinzentas
Estas incluem água proveniente de qualquer zona da habitação, com excepção da sanita. Este tipo de água nunca deve ser recolhida e guardada.

Águas negras
Estas incluem a água proveniente da sanita. Esta nunca deve ser utilizada no jardim sem tratamento prévio.

 

Uma das formas de reduzir o consumo de água, seja em espaços públicos ou particulares, passa por alimentar os sistemas de rega a partir de água da chuva armazenada.

Com a vantagem de evitar o recurso exclusivo à água da rede pública, esta opção permite também reduzir a produção de escoamentos superficiais, bem como eventuais descargas no sistema público de drenagem de águas pluviais.

Para que seja possível fazer o aproveitamento da água da chuva, é necessária uma superfície de recolha, que geralmente é a cobertura da habitação/edifício, e uma cisterna de armazenamento com os respectivos acessórios. Se for possível, deve-se cobrir a cisterna para minimizar as perdas por evaporação.

Outro mecanismo possível é a construção de um reservatório subterrâneo para o aproveitamento adicional de água da chuva recolhida em pavimentos que, apesar de acarretar custos de instalação mais elevados, tem a vantagem de não ocupar espaço acima do solo. Neste caso, será necessário instalar uma bomba para a elevação da água durante a rega.

Para o planeamento do projecto deve sempre contactar uma empresa especializada para que esta elabore um projecto que se adeqúe às suas necessidades.