História da Água

timeline_pre_loader
timeline_pre_loader

3000 A.C

Nesta época remota já se obtinha habitualmente água doce a partir de poços, utilizando-se um balde, embora a maior parte dos aldeamentos se situassem perto de rios

2500 A.C

O sarilho e dispositivos semelhantes eram utilizados para aumentar a rapidez da retirada de água dos poços. O sarilho, que continua a ser largamente utilizado no Médio Oriente, é constituído por um pau giratório que tem um balde numa ponta e um contrapeso na outra ponta.

1550 A.C

Uma pintura mural egípcia mostra um sifão a ser utilizado.

1485 A.C

Um grego chamado Dános é conhecido como o pai de uma bomba de água muito eficiente.

350 A.C

Aristóteles descreve o modo como se pode obter água doce a partir de água salgada por destilação (ebulição e subsequente condensação). No entanto, passaram mais de 1400 anos até que os Mouros trouxessem essa ideia para a Europa Ocidental.

1500

As primeiras cidades europeias começaram a construir sistemas de abastecimento de água. O primeiro a ser descrito, em 1550, foi o de Ausburgo na Baviera (Alemanha), no qual eram utilizadas noras que accionavam parafusos de Arquimedes, os quais elevavam a água até torres altas, donde era canalizada para as residências dos consumidores.

1614

Castelli, um italiano, descreveu o modo de medir o fluxo de água ou de outro líquido. Actualmente, utilizam-se contadores para medir a quantidade de água que passa nas canalizações.
Criou o 1º contador de água.

1682

Em Marly, na França, construiu-se um sistema hidráulico accionado por uma série de noras gigantes, desenvolvendo cada uma delas uma força superior a 100 cavalos vapor.

1791

James Peacock demonstrou que a água podia ser filtrada deixando-a infiltrar-se numa camada de areia (filtro de areia).

1794

Foi escavado pela primeira vez em Inglaterra, em Nothing Hill, Londres, um poço artesiano por Benjamin Vulliamy.

1854

Dr. John Snow fez a primeira abordagem eficiente das doenças provocadas pela água.
Em Londres, cerca de 500 pessoas, que viviam numa zona de 200 metros junto à Broad Street (hoje, Broadwick Street), morreram de cólera num período de dez dias. O Dr. Snow localizou a infecção numa bomba de água manual, retirou a manivela e assim terminou a propagação da doença. Deste modo, a atenção das pessoas centrou-se na pureza da água, que pode ser confirmada através de análises físico-químicas realizadas em amostras de água.

1896

Pela primeira vez, em Polo, na costa italiana do Adriático, a água foi sujeita a uma desinfecção com cloro como medida de protecção contra as doenças.